Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Paredão de som em carros será multado e apreendido segundo nova resolução do Contran

Paredão de som em carros será multado e apreendido segundo nova resolução do Contran
Paredão de som instalado em veículos vai ser alvo de fiscalização - Foto: Paredões apreendidos durante operação de fiscalização.
por Redação 0 Comentários

Punição será para veículos estacionados ou que estejam em movimento.

A nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estabelece a fiscalização de sons produzidos por veículos de qualquer tipo, atinge os paredões de som, que ficam em carrocerias de carros. 

De acordo com a resolução, publicada no Diário Oficial da União, “fica proibida a utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível pelo lado externo, independentemente do volume ou frequência, que perturbe o sossego público, nas vias terrestres abertas à circulação”. 

A infração é considerada grave, que equivale a cinco pontos na carteira de habilitação, com multa de R$ 127,69 (vai subir para R$ 195,23 em 1º de novembro) e retenção do veículo. 

A regra vale para veículos em movimento ou parados, como no caso dos paredões, que ficam estacionados para as disputas de som.

O documento libera apenas “veículos de competição e os de entretenimento público, somente nos locais de competição ou de apresentação devidamente estabelecidos e permitidos pelas autoridades competentes”. O que não é o caso das disputas de paredão que não recebem liberação de alvará para serem realizadas, já que os equipamentos tentam superar o volume do concorrente, aumentando os decibéis seguidamente.

De acordo com o Contran, a resolução anterior previa a utilização de decibelímetros para medir o nível de pressão sonora. A partir de agora, qualquer agente de trânsito poderá registrar o auto de infração.

A resolução exclui buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha-à-ré, sirenes, pelo motor e componentes obrigatórios do próprio veículo.